Vou aqui fazer um resumo do que tem acontecido na novela das "Bicicletas de Uso Partilhado" em Lisboa:

  • 18Nov – Assembleia Municipal: Maioria do PSD vota contra proposta para abrir diálogo concorrencial para o projecto. Isto significa que já não serão aceites candidaturas que impliquem encargos à Câmara (leia-se: opções sem publicidade)
  • 21Nov – CML: Esclarecimento acerca do Projecto. Um grupo de cidadãos encontrou-se com os responsáveis pelo projecto para saberem mais pormenores e formarem opinião. (Documentos semelhantes aos vistos)
  • 26Nov – CML: Reunião Pública. Era suposto haver votação sobre a proposta alterada, mas o tempo não foi suficiente. Por isso a decisão foi adiada para a próxima sessão. Dois cidadãos tiveram oportunidade de intervir e dar conta, no seu entender, da importância deste projecto e realçaram outras questões ligadas a mobilidade. Foi também possível sinalizar o interesse em continuarem envolvidos na execução das propostas ganhadoras do Orçamento Participativo
  • 3Dez – CML: Reunião Extraordinária (privada). Será votada a proposta.