Hoje apanhei o expresso da meia noite , na estação da sic noticias e fui ao vagão-bar ouvir falar de vinhos. Quatro enólogas a falar de vinhos em Portugal. Uma delas, espanhola, com o seu sotaque falou de como melhores são as rolhas de plástico para evitar as supresas em vinhos velhos. Tudo concordou, sem sequer pensar que TALVEZ o futuro da cortiça esteja inter-relacionado com o das castas. Falou-se muito de marcas, marketing, mercados, preços, bla bla bla … e de como supostas personalidades “pop”, vedetistas, capas de revista, mega-gestores, génios do marketing que seriam capaz de vender qualquer vinho. Diziam que o panorama vínicola de hoje nada tem a ver com o de há 15 anos. O que será daqui a outros 15 na cabeça destas senhoras? Não me assustem… mais…