Apanhei hoje na Sic Noticias o Perdidos e achados, programa que vai buscar antigas notícias e nos conta o que mudou até hoje. Gostei do conceito, e parecendo que poderia ser tentado a ver algo como “o que aconteceu ao tio manel de Vila Nova de Zé da burra” fiquei espantado com a precisão do “destino” ao me brindar com um tema com tantas conexões.

Era uma reportagem de 2004 intitulada:

Adolescentes em riscos

A Alemanha desde 70’s que através dum programa onde “jovens cidadãos indesejados” teve cerca de 1000 por ano enviados para Portugal, na área do Litoral Alentejano e Algarve – contudo diminui até os dias de hoje (talvez deslocalização para leste)

Grande parte dos seus problemas na Deutschland eram com drogas e primeiros passos no crime.

Muitos vieram para Aljezur, e foi aí que a peça se focou.

Para os lados da Arrifana:

Daniel – 18anos (idade máxima do projecto) – acabou então com um suícidio

Foi bombeiro e Surf

era anfintrão o Instituto Algarve projekt

 

Florian – pensava em trabalhar numa escola de surf

(mesmo assim afirma ter sido o melhor tempo da vida – praia)

O surf não dava, foi para Lagos – viveu em casa abandonada com outros (aparentes) estrangeiros

Foi sugado para os subúrbios de Lisboa – trabalha no ferro felho – perdeu documentos e só por isso pensa em fazer uma curta viagem de volta à Alemanha

 

O tema inspirou um filme

Body Rice de Hugo Vieira da Silva , chamado pela critica “poema punk”