Cerca de quatro hectares de vegetação e terrenos arenosos a escassos metros da falésia, entre as praias do Carvalhal e das Machadas, no Brejão, foram arrasados por ordens de um proprietário, denunciou hoje a Quercus. O Instituto da Conservação da Natureza (ICN) já iniciou um processo de contra-ordenação

fonte: PUBLICO.PT